domingo, 4 de março de 2012

Café com alegria


Há algo de tão reconfortante em um bolo redondo com furo no meio. Um pedaço dele com uma xícara de café e parece que todas as coisas difíceis da vida estão em outra esfera e nunca mais irão nos alcançar. Tecnicamente ele é igualmente delicioso ao feito em fôrmas retangulares, mas há algo tão... que aquece a alma nos bolos redondos. Eles sempre me lembram coisas boas e queridas.

Sexta feira à noite fiz um bolo de iogurte com calda de morango. Vi a receita quando lia a lindíssima revista Casa e Comida antes de ir trabalhar manhã e à noite me aventurei. É facílimo de fazer e, na hora de café da manhã no dia seguinte, enche o coração de alegria.

Ingredientes: 01 copo de iogurte natural, 01 copo de óleo, 02 copos de farinha de trigo peneirada (usei o copo do iogurte como medida para tudo), 04 ovos, 01 colher (sobremesa) de fermento em pó, geleia a gosto para cobertura e farinha e óleo para untar a fôrma.



Unte com óleo e farinha uma fôrma redonda de bolo. Bata todos os ingredientes no liquidificador, menos a geleia. Despese a massa na fôrma untada e leve ao forno pré aquecido a 180 Cº por cerca de 40 minutos (e aproveite cada momento do cheirinho que fica na cozinha). Desenforme (momento de total alegria) e cubra com  uma camada generosa de geleia.


No sábado de manhã fui trabalhar. Meus pais acordaram às 06h30 para tomarmos café juntos. Comemos o bolo com café enquanto conversávamos, e tudo estava bem. Isso é o que realmente importa. Todo resto alguma hora passa. Antes de se deixar dominar pela tristeza ou pelos problemas, façam um bolo. O que é ruim uma hora vai embora, o que é bom fica no coração.

Um comentário:

  1. que delicia esse bolo Bia.. vou fazer em casa
    Bjus Gi

    ResponderExcluir