quinta-feira, 15 de março de 2012

Docinhos e temperos




Todo mundo que me lê sabe o quanto eu adoro os temperinhos. Simplesmente adooooro os temperinhos. Por tanto tempo me esqueci deles, mas eles fazem uma diferença absurda no sabor de qualquer prato. Para mim, o aroma deles já tem praticamente um efeito terapêutico. Voltei da minha vó antes de ontem com um macinho de sálvia, dois alhos poros ainda cheios de terra (fofinhos, com raízes que pareciam cabelinhos – não sei se vocês lembram um personagem do Muppets Babies que era verde, fino e tinha cabelinhos branquinhos – parecia meu alho) e cebolinhas. E o cheirinho que senti no caminho foi tão absurdamente bom... O tempo estava mudando para chuva e nuvens escuras, bastante vento, e o aroma ficava ainda mais intenso. Anyway, minha mãe colocou todos esses temperos (sem a terra, of course, por mais romântica que ela seja) e rodelas de cebola (essa ainda não temos em nossa horta) numa panela com peitos de frango, óleo de canola e um pouco de vinagre de vinho. Acrescentou uma pitadinha de sal e that’s it! Meu almoço de hoje. Um purê de batata e um pouco de arroz e temos um momento de pura felicidade no meio do dia.


Ah, a foto que inicia esse post é de mais uma leva de alfajorezinhos de minha mama. Agora com corações felizes! That’s all folks!

Um comentário:

  1. Esses alfajores são uma delícia!! Provei um sexta!! Beijinhos!

    ResponderExcluir